quinta-feira, 26 de março de 2009

sem titulo




Tudo que quero é apenas uma ponta de esperança, ver onde a vida me leva,cansei dos jogos, a vida vale mais a pena estou me encontrando porem ainda um pouco perdida.

Não consigo definir o que sinto, a única coisa que peço é paz e um colo onde eu possa ser embalada ate o adormecer, me sentir segura outra vez.

Chega cansei dos precipícios, das armadilhas, intrigas, não quero mais isso, preciso me reconstruir, me tornar uma Fênix,uma Sereia,deixar de ser apenas eu...

Quem sabe quem sou me avisa, por favor, antes que eu me perca e caia em desejo mortal.

Não quero mais sentir, ter medo, ter alma, quero uma nova vida, um outro desejo,quem sabe onde acho um amor só meu ?

Infinito o Deus mais lindo, mais perfeito, meu Apolo sou filha de Venus,

Cair no mar e nadar, nadar ate renascer, virar Vampira, Águia, cortar os céus e chegar ate as estrelas, cair diante da noite,

Entregar-me a escuridão,

Dormir e não acordar ao ver teus lábios, tocando meu corpo, tuas mãos beijando minha boca...

O perfume da lua pairando no ar

Seria perfeito se fosse simples

A vida jamais é justa...

Tire essa dor, que queima em meu peito, leva pra longe de mim esse sonho, que nunca foi sonho;

De-me a paz, esqueça meu olhar

Deite-me em teus braços ate o dia nascer

Vou embora sem jamais te beijar.