terça-feira, 7 de abril de 2009

Luar

A noite,lua no ceu,vagamente as horas passam,muito rapidamente em meus pensamentos,quis estar longe,bem longe junto ao luar,nada tenho a dizer tudo ja foi dito,mas ainda penso.
Como foi surperfulo,todos os minutos.
O dia nao me inspira caço palavras,conto os momentos pra ela chegar,ainda vai demorar!!
Trago a noite em meu olhar no meu peito coração pulsa forte ela vai chegar.
Junto com ela meus pensamenos,minhas
alegrias, minha dor o passado,sem futuro,presente apenas estou.
Mente vazia igual ao dia coração cheio igual a lua cheia.
Vivi cada segundo mas ainda tento entender o mundo,ceu azul,ceu negro fugindo nao mais estou desisti,cansei,o tempo mudou,
Novos ou velhos qual parte encontro tua fração em mim?
Nenhuma com certeza,nem chegou perto de estar ao alcance do meu olhar.
Pensamentos mudam,fogem com o tempo,eu continuo a esperar ela chegar...
Trazer me ha de volta seu brilho,sua força seu manto de luz,alegre lágrima da noite,esqueci-me de chorar,sentir tão pouco nisso esta.
A luar,dos amantes,dos solitarios,fico a pensar,no fio da linha,da vida da morte,estranho caminho,me trara sorte.
Quando ela chegar sorrirei,e vou chorar,nao tenho mais angustia,nem magoas,pra contar;
Olharei a noite e la ela estara.