domingo, 5 de maio de 2013

Somos tão jovens O filme


Sempre falaram que o filme Não seria sobre A LEGIAO, sempre foi dito que o filme seria sobre o Renato e como ele se transformou de JUNIOR para o RUSSO, todo Fã de verdade, pesquisa e sabe o que esperar do filme, e sabe tbm q é claro que não é uma Historia ao Pé da letra, q tudo foi mais suavisado, ate pq a familia do Renato comandou tudo com mão de ferro , jamais eles ia permitir um filme mais profundo nas questoes das drogas e do BI sexualismo do Renato, ingenuo o fã que acha q vai ser a Historia como realmente foi.

Fã  xiita?? Ok  eu aceito, o  filme  pra  Legionarios  como  eu que  tenho  37  anos  e  ouvi  Legiao  pela  primeira vez  aos 11,12 anos la  em 1986/1987 o  filme  sim é  superficial,peca  em muito  com a  historia como realmente  aconteceu, alguns personagens ficaram  caricatos que  beira  ao ridiculo, poderia  ser melhor  montado  mostrando  uma  passagem  de  tempo  pra  situar o telespectador , ficou  muito solto,  como  se  todas  as mudanças  fossem  de  apenas  uns meses  e não de anos como  realmente  aconteceu.  O  Aborto  tem  uma vida  de  2, 3  anos.Agora como  desculpa pra ver  Renato Manfredini  e ouvir  as musicas e preencher  as fantasias de qualquer fã de como  era esse  cara na  adolescencia e que  todo mundo  gostaria  de  ter  um amigo  como  ele o  filme  funciona, poderia  ser  melhor  sempre pode  ser melhor,poderia  não ser tao  ficcional  em  algumas  partes  sim poderia , pois  quando  o filme  se  propoem a mostrar  as coisas  como de  fato aconteceram  ficam  otimas , as  cenas  que  nós  Legionarios que  realmente  conhecem e  sabem  como  foi  a  historia.Agora  pra  esse  pessoal  de  20  e poucos anos  e  o pessoal de 15 anos ou  menos  que mal  conhece  A Legiao  e não  tem noção de como  foi  ligar  o radio  e ouvir  lançamento de LP nas radios, ligar  a Tv  e  ver  eles  nos  programas,bom  o  filme  realmente  fica  como sendo  a  verdade  maxima  e   absoluta. E nós Legionarios  que  vimos e ouvimos  a  Legiao  no  Programa  Livre  , no  Globo  de Ouro  onde  eram  socios , pois  toda  semana  tinha musica  do  Legiao devemos  perdoar  os  deslises , pois  só  podemos Celebrar  que  a historia do cara  que ate  hoje significa algo e da voz  a todos nossos  questionamentos seja contado,  mesmo  com  falhas  a esses novos  Legionarios  que alguns nem eram nascidos  quando  o Renato  Morreu, eu  tinha  21 anos  quando  ele morreu  e  ele ja  tinha  forjado todo meu  carater  e me ensinado  a pensar  por mim mesmo e questionar tudo  que me despejavam  querer  saber  se era  assim mesmo.O  filme  é  Bom, mas poderia  ser  Excelente.