quinta-feira, 30 de julho de 2015

Falar a ti

Quero  falar-te que mesmo  em  dias  assim  breves e  serenos,  não  encontro  o meu caminho  de  volta,  
Quero  falar-te  que  apesar  de  tanta  duvida   ainda  espero respostas  do  quê  ainda  não  sei.
Quero  falar-te que sinto falta do que  sentir,  mesmo  estando  assim  exposto  meu  coração  vazio.
Quero  falar-te  que  nada  muda  o  que  ainda não  aconteceu  embora  estejamos  ancorados  no  desfiladeiro  da  vida
Quero  falar-te  apenas  por que  gosto  de  falar  a  ti.
Quero  falar-te  que mesmo  sem  que tu me  de  as  respostas  que  ainda  não sei ,  vejo o que  ainda  não  disse
Quero  falar-te, que o que desejo não é  o que  espera de mim,  meu  desejo  é o  oposto  do  que  sabes
Quero  falar-te  que  mesmo  assim  num dia  de  sol,  ainda  pairam  as  nuvens  frias 
Quero  falar -te  apenas  por  falar,
Quero  falar-te  que  mesmo  que  nada  esteja  entendendo  eu  também  não  tenho  ideia  do  que  penso
Quero  falar-te  pois  assim  me  vejo  inteira  e  me  deixo  levar  pela  brisa   
O que pensas ou não  tão  pouco importa  apenas  vou   falar  a  ti  pois  ainda  não  subjugamos nossos  passos.
Então estamos em acordo vou apenas falar-te por  que  quero  que  sejas  assim  cumprida  a  estrada  que nos  leva  afora  ao  desconhecido
Quero  falar-te  apenas  pois  me  sinto  bem.